domingo, 12 de março de 2017

Historias de Mulheres: Mulher Moderna a Moda antiga (Eu)




... Me considero Mulher Moderna a Moda Antiga... issso porque me lembro de como era minha ávo, como era minha mãe e minhas tias antigamente!

Foi difícil crescer e ter de apanhar por TUDO e por NADA... mas não era por tudo e por nada, era para APRENDER a distinguir o certo do errado, o mau do bom... e APRENDI !!! Não sou perfeita, ainda cometo, só que já não me batem, porque eu já sou Mulher!

Hoje sei que tenho um bocado de Menina Marota, de Moça Madura, e Mulher Moderna... mas confesso que precisei de saber ser Filha, para hoje me tornar uma Mãe Maravilhosa, disso posso me Gabar e me enxer de orgulho sem precisar que me digam...eu sei ver!!!

Como fiz isso?! Ainda perguntam?! Não leram o post da Mulher Virtuosa  é aonde explico um bocado sobre a minha relação com Deus... mas aqui vou falar exactamente dos dias de hoje (Modernos) e o que filtro do modernimos, e vou recapitular os tempos antigos...

Quando era mais nova, (lembranças da creche tenho muito poucas), mas sei que o meu pai levava-me sempre e tinha dias que eu não queria ficar ou que adormecia no banco de trás...tipo noites mal dormidas.... mas da minha infancia e escola primaria lembro-me que ficava a maior parte do tempo com a minha ávo...aonde estava a minha mãe?! Trabalhava e estudava (faculdade); tinha a minha tia (na casa da avo) que só dava "bafos", só mandava lavar a louça e não podiamos dormir até muito tarde (dormiamos na Sala) ... não me lembro de ter empregados... faziam TODOS de casa... cada um tinha as sua tarefas e até mesmo os Ajudantes que não duravam , eram tratados como familiares!

Minha ávo lavava a roupa (ou no tanque ou em bacias na casa de banho)...e cantava muitos hinos (aprendi uns tantos)... era feliz... (pelo menos não a ouvia a reclamar do que ela fazia...hoje as Mulheres Modernas passam a vida a reclamar), fazia de TUDO um bocado...desde lavar, cozinhar, ir resolver assuntos dos filhos, ir ao mercado a pé, cuidar das plantas (era o hobby favorito dela)... ou de candongueiro... os filhos com carro nem sempre tinham tempo de lhe dar boleia... nos finais de semana tinhamos sempre casa Cheia...almoçaradas, festas, convivios, e ERAMOS FELIZES... as bebidas não eram Moet Chandom nem Jonny Walker...eram barris de cerveja, garrafões de vinho... enfim... E eramos felizes!

Estou a descrever a Moda Antiga...deu para perceberem né?!

Lanchavamos chá com Pão... pão "Burro" da padaria Lima... E eramos Felizes!!!

A minha avo hoje conversa temas da actualidade...a minha mãe não é para as minhas filhas o que a minha ávo era para mim, porque ela hoje ainda trabalha, (tempos modernos) mas é uma ávo Galinha... que se estás a ralhar ela diz para não ralhar, se bates, ela diz para não bateres... e quando lhe pergunto: Antigamente nos batias e agora os teus netos fazem tanta confusão  ...  Ela responde: "Cada Pai bate no seu filho... " 
Em outras palavras é? Cada um educa como acha que deve educar... eu aprendi a linção!!! Tempos Modernos... mas em relação a educação eu prefiro pensar nos tempos antigos!

Moda Moderna
Sermos Patroas (até ai tudo bem... ADORO, mas não sou hahahahha)... Os previlegios de hoje não se comparam com os de antigamente mas a Mulher Moderna hoje reclama tanto, mas tanto, que até me assusta... por isso não prefiro ser Moderna a Moda antiga!

Trabalha-se fora de casa, e "orientarmos" os empregados...desde a lavadeira, a engomadeira, o cozinheiro, o motorista, o jardineiro (se tiveres vivenda) ... e a lista continua... eu paro para pensar o seguinte: TUDO ISSO?!?!?! Sim TUDO ISSO, e faço Bem, ou então estou nem ai, porque estou a pagar, sim porque ser Mulher a Moda Moderna é pagarmos (se tivermos para pagar, obvio) para tudo e mais alguma coisa... ATENÇÃO minhas querida, não estou aqui a fazer um ATAQUE... estou a avaliar a Moda Moderna...vs.... Moda Antiga e falar das minhas preferencias como Mulher Moderna a Moda antiga!

Alias, não podemos ser todas iguais né?! Sim, nem faz sentido... mas eu escolhi ser Moderna... e já vos descrevo o meu lado Moderno... Adoro Maquiagem, sigo e gosto de Moda, adoro conhecer Restaurantes (mas prefiro mesmo Cozinhar, e isso faz de mim bué antiga); sou Blogueira...e estou em quase todas redes sociais... Não trabalho (por enquanto, e por escolha), isso faz de mim antiga... mas porém o meu trabalho é dentro de casa maioritáriamente mas com MUITO tempo de ir a rua, fazer TUDO e mais alguma coisa que eu quizer...

Quando me perguntam?! Não tens Baba!?
Eu no Gozo respondo: "Não estou na Moda"
Tive alguém sim senhora, quando elas tinham 2Meses de vida... durante um Mês...mas este alguém tinha horários, as Quartas e alguns Domingos ela ia a Igreja porque tinha reunião... e antes da meia noite eu ficava sozinha com as minhas filhas a lidar com as colicas e choros para as mamadas e etc etc etc... Resultado... não deixo de pôr no colo porque tem baba (tipico das Mamas Modernas dos tempos modernos... ) Não acompanhamos BEM o crescimento dos nossos filhos... porque estamos a trabalhar fora, e quando voltamos estamos exaustas e sem muita paciência para os nossos filhos!
Mulheres não falo por mal... falo para avaliarmos e pensarmos que podemos SIM SENHORA ser MODERNAS mas não nos esquecermos de implementar a Moda antiga no nosso dia-a-dia!
Cozinhem mais... antigamente as mamas e as avos não se zangavam... gostavam ela de estar a frente das panelas... nós só a olhar... porque que agora os Maridos conhecem mais os temperos dos restaurantes ou dos cozinheiros lá de casa?! Estou a falar atoa?! Não!!!
As nossas Mães, Ávos se viravam nos 30 ... não cozinharmos para os nossos maridos?!?! Não se lembram do ditado: "o peixe morre pela boca?!" então?! Não sabem cozinhar?! Aprendam... ainda que tenham quem faça, o marido precisa do tempero da Mulher (se me entendem!!!)

Eu podia vos escrever aqui um Livro, mas não precisa... Estamos eveluídas sim senhora Mulheres, mas até que ponto?!
Pensem nisso...

Bom meus Amores,
Por agora fico por aqui... espero que tenham gostado deste post,
Um beijão a todas vocês, e continuação de optimo Março- Mulher

Claudia ClaKi

Sem comentários:

Enviar um comentário