domingo, 30 de dezembro de 2018

Esquivei-me da Depressão- Opinião e experiência

Começei a fazer este post a alguns meses, e preferi não "postar" porque precisava de me sentir "Munida" de conhecimento, mas por ser um tema muito complexo não quis levar o post para o proximo ano; Perto do final do ano, e ainda tendo a certeza de que pouco ou nada se fala sobre Depressão em forúms, workshops e etc etc, mas ela está ai, diariamente, perto de nós, se não somos nós as vitimas, conhecemos muitas pessoas depressivas; infelizmente poucas são as pessoas que abertamente partilham ou falam sobre a sua experiência... vou ler o que escrevi antes ... e depois adiciono mais, estou "Longe" de ter uma definição, e de ter meios de ajuda, mas gostaria MUITO de voltar aqui ao Blog e falar sobre a depressão ...não a que tive, mas a que me esquivei ...

Nunca me senti DENTRO dela, mas já me senti perto dela...ela junto de mim e a querer "me entrar" dei-lhe um corte bem dado. E soube porque partilhei com alguém profissional que me disse que tive a "beira da depressão"; mas muito "semelhante" a depressão, tive alguns "Ataques de Pânico", nos dias de hoje procuro ao máximo me ocupar, me distrair, e fazer o maximo de coisas diferentes possíveis para não dar ousadia a depressão ou Ataques me "entrar" (Falar é muito fácil eu sei... )


Este ano particularmente ouve alguns casos que também partilhei aqui no Blog, Suicidios de pessoas famosas.


Olá meus fiéis, hoje vim abrir o meu coração com vocês, devido a alguns factos atuais, e o facto também da Depressão ser tão frequente nos dias de hoje e ao mesmo tempo tão ignorada. Devia-se falar mais ALTO, no que diz respeito a está doença, mas fala-se baixinho, baixinho...Principalmente na nossa Sociedade... Angola-Africa.
Não sei a quem se deve a culpa, profissionais ou paciêntes?! A culpa não é de ninguém, mas eu vim aqui falar porque na semana passada houve dois suicidios de pessoas Famosas que "me tocaram" bastante, que me fizeram conversar e ler opiniões sobre a Depressão...
É rarissimo levantar-mos o dedo e testemunhar para dizermos já nos aconteceu?! Mas dizer para quê?! Caso precisemos de ajuda?! Caso queiramos alertar ou mesmo ajudar?!

Há inumeros casos depressivos, e as pessoas por e simplesmente não procuram ajuda (quem tem) e outras não conseguem identificar (quem está perto de alguém com depressão)
A algum tempo fiz algumas pesquisas em relação a está doença...já também vi um programa na Globo que identificava alguns sinais depressivos... e depois de ter passado perto dela, identifiquei. Nunca fui diagnosticada, mas sou do tipo que se tiver a passar por algum problema, procuro ajuda (antes mesmo da ajuda espiritual, que normalmente nestas alturas nos esquecemos) eu CONVERSO, felizmente tenho uma pscicologa SEM-CURSO, a minha mãe, que sempre que me deparo com algum problema recorro a ela, e as palavras dela de comforto ajudam-me SEMPRE. Tenho outra Pscicologa, está já com curso, alias trabalha nesta area cá e sempre lhe disse que ela seria de grande valor em Angola, a Malu (falei dela aqui ), feliz de mim por te-la e poder contar sempre com ela até quando a preocupação não é directamente minha, sempre tenho ela como referencia de uma pessoa que terá sempre algo para dizer, como amiga e profissional! Portanto... a Depressão até pode "me tentar" mas eu tenho Armas...tenho proteção... mas sem pensar só em mim?!

Há pessoas que até são assistidas/acompanhadas por profissionais, e porquê continuam depressivas?! Será a doença algo que não passa?! ou cabe ao portador da doença fazer a sua parte?! Como disse no inicio e repito, é uma dença COMPLEXA!!!

Eu quero aprofundar e conhecer mais sobre está doença, por isso me aguardem que várias vezes venho cá partilhar com vocês as minhas descobertas. Nos livros que tenho lido, principalmente os de Augusto Cuty, muitas vezes relatam sobre Depressão, uma passagem ou outra... sobre a que me esquivei também venho cá contar! Pois eu prefiro não me alongar mais.

Meus Amores,  beijos e abraços da vossa,
ClaKi

2 comentários:

  1. Gostei da matéria tb tenho uma certa experiência relacionada ao assunto em epígrafe.bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Prima!!!
      Vou partilhar também a minha experiência e sei que vai ser bom partilhar .

      Eliminar