quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Ajuda Ajuda...

... Eu que quase nunca tenho pesadelos, a não ser sonhos de cães... Dai o meu medo grande por eles! Eu acordei ASSUSTADA e continuo tremula! Pois gritava por ajuda ajuda... Estava a perder a fala! Conduzi ate um predio em Luanda, que ate chegar a entrada do mesmo pensei que conhecia o predio, só que apartir das 21 o prédio ficava com os portões fechados! E como eu haviam lá algumas pessoas a porta, uns ate ligaram para que lhes abrissem a porta; eu afastei-me pq depois vi que não ia ali fazer nada ... Meto-me no carro e não conseguia sair dali, parecia um labirinto de repente muitos carros, luzes eu de um lado para o outro quase a bater em muitos, tonta e lá consegui parar o carro, mas como se o meu pé continuava no travão e depois então sai do carro e continuei a pedir ajuda ajuda, e foi que estava a perder a fala... Lembrei-me que tinha o telemóvel no bolso e o nome que veio foi John (meu tio João, o medico) lembro-me ate do telefone, era antigo de botões ( nada de touch screan ) mas eu não conseguia falar a língua estava pesada dai pedi ajuda à um desconhecido , passei o telefone para ele falar e eu gesticulava... Como se gesticula ajuda também não sei ! Depois falei sobrinha e o moço repetiu ... Eu estava aflita pois a minha língua estava a prender ... Ajuda mal saia mas depois saio sobrinha e eu acordei assustada... 
Meu Amores não sei como vocês lidam com pesadelos/ maus sonhos/sonhos ... Uns eu não me lembro, outros lembro-me vagamente, mas deste lembrei-me completamente porque ate sei de detalhes pequenos.. Estava tão mal vestida! Uma camisa de botoes, casaco jeans não usava sutiãn da parte debaixo não me lembro bem, pois sei q tinha bolsos de onde tirei o telemóvel ... 
Dizem que não se contam os sonhos, mas como antes eu escrevi sobre o <Sr. Pensamento > mau, achei bom vos contar para vocês verem/entenderem como é a força do mal... Não é !?! 
Eu dormi como vocês sabem e acordo angustiada ... So me resta pedir ao altíssimo que me guarde e proteja! E a vocês também! 
Obrigada por serem "ouvintes" fieis, de coração...
Beijos e abraços!!! 

5 comentários:

  1. O melhor a fazer é não pensar muito nesse pesadelo,se não vai ser pior para o nosso sistema.bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. juseneide obrigada pela dica!
      Tens Toda razão ! Parei de pensar e estou super BEM !!!
      Beijinhos!!!

      Eliminar
  2. Continua a fazer uma introspecção, Cláudia. Sem nada concreto, possivelmente estejas a passar por uma fase decisiva na tua vida aonde tenhas de "prender a língua" e usar "os travões" para poderes abrir a porta as oportunidades que aparecerão.
    Quem sabe não entraste parabo prédio aonde tinha muita gente porque levar-te-ia à algo comum (dai muita gente querer entrar) e tu com a tua "mente artística" tenhas de explorar outras avenidas. Tens barreiras (os carros ao teu redor e os travões), mas não estás estagnada. Só precisas de abraçar os novos desafios... Não tenhas medo.
    Quando tiveres pesadelos, pede o discernimento e abrigo NELE que te guiará...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lw, é isso mesmo.
      Cláudia muitas vezes as coisa más só nos acontecem porque metemos a palavra má e pensamento negativo a frente, pensa positivo, fica atenta, pensa bem antes de partires para ação, e entrega tudo nas mãos do nosso grande Pai e protetor...
      Beijo grande no coração.

      Eliminar
  3. ...Ufh.... estas tecnologias por vezes nos alegram e muitas vezes nos aborrecem! Já tinha um texto grande a agradecer-vos pelas palavras e que ja tinha lido antes, mas que com o corre-corre que passei não pude responder; Certamente as palavras não serão as mesmas mas aqui deixo o meu MUITO OBRIGADA pelas palavras de incentivo e que na altura foram sem duvidas muito bem vindas! Quero com isso dizer que depois deste "Medo" e desta Tempestade passei por momentos de bonança ...que o ditado é mesmo verdadeiro! Claro, tudo Graças ao Grande Pai, que é verdadeiramente o TODO PODEROSO, que sem ele não somos nada... Superei todas as dificuldades e barreiras e surpreendi-me com os acontecimentos que em tão pouco tempo surgiram a minha frente...Mas uma vez minhas Queridas, muito obrigada!

    ResponderEliminar