quarta-feira, 23 de março de 2016

A Guerreira em mim





A Guerreira em Mim:
E pensei aqui dentro de mim?! E porque não falar das minhas batalhas?! E porque não ver em mim uma GUERREIRA?! Será que fica bem eu me Auto-Considerar Guerreira?! Não que me auto-caracterizo, é que as vezes precisamos de ser realistas conosco mesmos e ver quem somos, aonde estamos, o que passamos para ser o que somos, aonde querermos ir e QUEM esteve do nosso lado todo este tempo poderá confirmar que realmente existe uma Guerreira em ti!!!

E como eu decidi falar de grandes Guerreiras, de Mulheres Guerreiras, porque estamos no Mês de Março eu decidi fazer uma Rubrica sobre as Mulheres Guerreiras!

Não costumo falar muito de mim, isso prefiro deixar para os outros, mas existe porém uma Guerreira em mim que eu gostaria que vocês conhecessem e soubessem um bocado sobre; 
Acho que todos nós e principalmente nós Mulheres-Guerreiras, passamos por situações em nossas vidas que mais parece que vamos desistir de tudo!!! Sabem quantas vezes eu pensei em desistir?!? Já perdi a conta... 
Já pensei em parar de estudar, porque achava que tinha que trabalhar para ajudar a minha mãe! (Imaginem isso... A minha mãe nem ajuda me tinha pedido); mas a Guerreira dentro de mim acordou e com garra dediquei-me aos estudos e conclui os meus estudos, pois era um desejo da minha Guerreira Mãe, e que filho não gosta de Alegrar o coração de sua Guerreira-Mãe!? Fi-lo por mim, e mais por ela.

As vezes ultrapassamos situações complexas que nem mesmo nós acreditamos que já passou... Choramos, rimos, pensamos que nã há solução para o problema, ou ainda pensamos que só nós temos problemas!

Eu vou contar-vos assim muito rápido da minha Guerra (Uma das)... mas se calhar eu devia contar-vos da minha Victoria, o que acham?!
Sem saber porquê (até hoje) , uma medica que nem sequer era obstetra disse-me que talvez eu não fosse ter filhos! (Como ainda não era mesmo de minha vontade eu não liguei) Tudo porque sempre tive muitos problemas hormonais que por ser jovem não me interessava muito a ir fazer consultas com muita freqüência... Quando então despertei o DESEJO de ser Mãe...pois foi porque a minha mãe uma vez me disse: "Aproveita,  enquanto eu ainda tenho forças!" Eu não me esqueci desta frase da minha mãe, e porque achei que o que faltava na minha vida, de Mulher e esposa era ser Mãe! Mais do que qualquer sucesso profissional, mais do que qualquer outra coisa material eu DESEJEI ser Mãe!!!
Aquela miúda(Eu) que dizia muitas vezes : "Eu não quero ter filhos" e a minha mãe dizia: "Mas se eu vos tive, como não queres!"Aquela menina que adorava ser independente e dona da sua vida sem filhos amadureceu e se tornou uma MULHER MADURA!!!
Não foi muito fácil ... ter que lidar com muita coisa, inclusive com aquela lembrança da medica de clinica geral dizer que não poderias ser Mãe, bem na altura que deixei de ser egoísta e me veio o Desejo de ser Mãe!mas o melhor de tudo, e o mais satisfatório é que não foi impossível, e em tempo de DEUS ele me concedeu a Graça ... Fui Duplamente abençoada, Mãe de Gêmeas, parto Natural !!!  
A Maternidade em si tornou-me uma MULHER GUERREIRA!!! A Capacidade de Amar alguém mais do que a nós mesmos, as noites sem dormir, o amamentar, o levar ao colo, o embalar, o limpar, cuidar, lavar... o ser incansável mesmo que estejamos cansadas! tudo isso faz de nós Guerreiras, como não me Auto- Caracterizar!?!?! 

O Vigiar, o Orar... Tudo isso são actos de Guerreiras!!!
Palmas para nós, Mulheres Guerreiras!!! Eu confesso que não consigo escrever muito mais, até porque não me sinto bem em falar muito de mim, prefiro ouvir a opinião das pessoas em relação a mim, então beijos e abraços desta Guerreira!!!

Claudia ClaKi

Sem comentários:

Enviar um comentário