domingo, 16 de abril de 2017

Tristezas não Pagam Dividas...

Olá Meus Fíeis Leitores,


Pensei que não ia conseguir voltar aqui, e como o título do post diz Tristezas não pagam Dividas...  não posso e não devo continuar triste!
Me ausentei porque perdi alguém MUITO IMPORTANTE na minha vida, um tio, irmão da Mãe, dos mais novos, um AMIGO, um PAI, e irmão mais velho... a 15 dias atrás, exactamente num Domingo, recém-chagada da igreja, recebo a noticia... não tive chão, alias continuo sem chão...eu a minha familia, alguns amigos que partilharam conosco está dor...enfim... oquê que podemos fazer?! Dizem ser a lei da vida né?! Ninguém está preparado para perder alguém...queriamos nós nos preparar-mos, ainda mais quando é de forma ABSURDA, do NADA... enfim....

Vim aqui justificar a minha ausência, e dizer-vos que estou de volta, embora a passinhos lentos, porque ainda dói muito, alias vai doer SEMPRE, mas como não posso lamentar porque Deus não gosta, vamos viver, por enquanto ainda não fomos chamados!

Ahm, tive em Angola-Luanda, está Dor não iria aguentar sentir de longe, acompanhar de longe, tive de ir me despedir do meu Tio, meu AMIGO, meu Compadre, meu irmão, ser Humano do BEM, pessoa UNICA... Homem Humilde, Inteligente... enfim...

Meus Querido, vivam o hoje com muita intensidade, planifiquem, ainda que Deus seja o dono dos nossos planos e da nossa vida, vamos aproveitar cada dia como se fosse o ultimo, a vida é Urgente, o meu tio já não volta...não sei, pode ser que nos encontremos por ai... quem sabe! Mas dói tanto... mas tanto... mas como tristezas não pagam Dívidas, eis-me aqui... continuar a "Tocar" a vida, para frente é o caminho...

O Abril foi muito Mau-vindo, mas que fazer?! é a Leia da Vida...essa Vida urgente!
Beijos e Abraços,
da vossa,

Claudia ClaKi

Obs: Espero que tenham tido uma Páscoa Abençoada, a minha não foi o que eu tinha em mente, mas olha, passou...consegui ir a igreja, infelizmente sozinha... a fámilia lá em Angola não conseguio ir! Enfim, só Deus para nos Restaurar, para nos amparar em momentos turbulentos como este!

Sem comentários:

Enviar um comentário